Beleza,  Lifestyle

Dermatologista gaúcha, alerta para os riscos com o manuseio de fogos de artifício e queimaduras na pele

Festas Juninas exigem atenção redobrada.

O mês de Junho é um mês de muitas comemorações, e em especial, às festas juninas. No Brasil elas são sinônimo de atração turística. No Estado do RS, a crença, o folclore e a tradição envolvem diversas brincadeiras. Para muitas pessoas, marcada por estalinhos (brinquedos com pólvora), pular fogueira, soltar balões e estourar fogos de artifícios.

Neste contexto, vem uma preocupação da dermatologista Gabrielle Adames, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), para que as pessoas tenham conscientização com os riscos de manusear, inadequadamente, artefatos explosivos. “O uso errado pode causar lesões e acidentes, como queimaduras na pele (primeiro, segundo, terceiro grau) até mesmo amputações, perda de visão e lesões auditivas”, enfatiza.

Entre 2007 e 2017, foram registrados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) mais de 5,6 mil internações, em decorrência de acidentes provocados por queima de fogos de artifício. A dermatologista alerta ainda, que em caso de acidentes de pele, a orientação é que procurem imediatamente cuidados médicos, evitando passar pomadas, clara de ovo e creme dental. O ideal é lavar apenas o ferimento com água corrente e não tocá-lo. “Toda a orientação, deve ser assistida pelo médico especialista”, resume Gabrielle Adames.

Mais dicas e informações sobre o trabalho da dermatologista Gabrielle Adames pelo  sitewww.gabrielleadames.com.br ou pelo instagram @gabrielleadamesdermato. Em Porto Alegre na Rua Prof. Langendonck, 117, Petrópolis, fone (51) 3335.3388. Em Capão da Canoa, Litoral Norte na Av. Ubirajara, 678 (51) 3665.1198. Whatsapp – Possibilidade de receber informações sobre cuidados com a pele semanalmente, envie dúvidas, sugestões e marque consultas:  (51) 98178-2350.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *